O objetivo do projeto foi analisar de forma qualitativa vários aspectos da sociedade brasileira, discutir possíveis ações que podem melhorar os problemas do Brasil, dialogar sobre a ação dos jovens na construção de uma cidadania mais presente e Comemorar a semana da Pátria.

A semana da Independência faz referência ao momento que o Brasil  nasceu, quanto país e nação, mas esse fato histórico foi somente o começo de uma longa história de injustiças e desigualdades que culminaram em graves e atuais problemas sociais, políticos e econômicos. O presente projeto não só lançou um olhar crítico sobre nosso país, como também dialogou sobre possíveis ações que poderão diminuir os problemas históricos do Brasil. Os nossos alunos estão cotidianamente se deparando com problemas como corrupção, preconceito, desigualdade, desemprego, entre outros, mas quando esses assuntos são abordado em sala de aula há um grande aproveitamento acadêmico e pessoal. Discutir entre colegas e professores os problemas e possíveis soluções, abordados acima, faz se necessário para que esses alunos se sintam agentes que podem transformar o futuro da nação. Além disso, expande-se  os horizontes para uma argumentação mais completa e embasada.

A interdisciplinaridade do projeto ajuda os alunos a terem uma visão mais global do assunto, habilidade que é pre requisito para o ENEM, além de fortalecer os laços emocionais ente professores e alunos, sentimento que ajuda muito no processo de ensino-aprendizagem.

Segundo Vigotsky, o aprendizado precisa estar relacionado com o cotidiano do aluno, pois assim o conteúdo tem maior sentido e consequentemente haverá melhor assimilação, por isso o Projeto Semana da Pátria se fez importante no Colégio El-Shaday.

Professora: Iara de Oliveira

1 responder
  1. luzia inácia de Morais
    luzia inácia de Morais says:

    Achei esse assunto muito importante para ser trabalhado. precisamos de educadores que trabalhe mesmo a realidade para que não tenhamos pessoas alienadas e possa ter um senso mais crítico nos acontecimentos do nosso país

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.